BLOG

Itens com a tag biblioteca .

Dica de Leitura: Histórias de Índio

fernão gaivota, maple bear, livro indigena, dia do indio, maduruku, daniel manduruku, histórias de indio

No dia 19 de abril é celebrado o Dia do Índio no Brasil. A data serve para lembrar e reforçar a identidade do povo indígena brasileiro e americano na história e cultura atual. Para comemorar a data, a Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville, por meio da bibliotecária Cristiane Rojas, faz a indicação do livro “Histórias de Índio”, que reúne contos, crônicas e informações sobre os povos indígenas do Brasil.

A publicação narra a história de Kaxi, garoto Munduruku que tem uma infância feliz: brinca, nada, pesca, faz artesanato e ouve histórias. Mas Kaxi é especial, pois o pajé o escolheu para ser seu sucessor.

“O menino que não sabia sonhar” é um conto emocionante sobre a iniciação na vida adulta, apresentando a cultura indígena a partir do ponto de vista de um narrador pertencente a ela.

Já na segunda parte do livro, o autor relata com bom humor suas experiências no mundo dos brancos. A atual situação dos povos indígenas no Brasil é descrita na última parte, assim como os hábitos, ritos, músicas, lendas e a diversidade cultural e linguística desses povos.

As ilustrações de Laurabeatriz enriquecem a edição, que também inclui desenhos de crianças indígenas e fotos de aldeias mundurukus.

“Este belíssimo livro, do escritor premiado Daniel Munduruku, nascido em Belém do Pará, na aldeia Munduruku, será trabalhado ao longo do ano com os alunos do Year 3”, comenta Cristiane Rojas.

Projeto Lanchando Histórias

escola fernão gaivota, maple bear alphaville, maple bear, intervalo leitura, leitura de gibis, incentivo leitura

Todas as quartas-feiras, na hora do intervalo do Year 2 e 3, que acontece das 9h35 às 10h, a biblioteca vai até o pátio da escola com seu acervo de Histórias em Quadrinhos. As crianças podem aproveitar para fazer uma leitura livre e descompromissada enquanto lancham.

Mais do que um divertido passatempo, os coloridos gibis são também um valioso instrumento para despertar o gosto pela leitura e contribuem para processo de aquisição da leitura e escrita.

escola fernão gaivota, maple bear alphaville, maple bear, intervalo leitura, leitura de gibis, incentivo leitura

O projeto foi criado em 2013 com o intuito de promover um momento de leitura descontraída com turmas do Ensino Fundamental I, que são estimulados à leitura de forma prazerosa, fora da sala de aula.

Para a criação do nome, a direção promoveu um concurso entre os alunos do Year 5 até o 3º ano do Ensino Médio. O nome mais votado pela direção e professores foi o “Lanchando Histórias”, iniciativa dos alunos do Year 5.

escola fernão gaivota, maple bear alphaville, maple bear, intervalo leitura, leitura de gibis, incentivo leitura

PRORROGADO: Feira de Troca de Livros

 

No dia 8 de dezembro, das 7h30 às 12h, a escola promoverá a última Feira de Troca de Livros do ano para as turmas do Ensino Fundamental I (Year 1 ao 5), na biblioteca.

O prazo para a entrega dos livros foi prorrogado até esta quinta-feira (07/12). No ato da entrega, eles serão avaliados e os alunos receberão um vale-troca para trazer no dia da feira.

Serão aceitos os livros paradidáticos do programa Maple Bear (português e inglês) e livros de literatura infantojuvenil. Ficarão de fora livros técnicos, auto ajuda, religiosos, enciclopédias, coleção Itaú e infantis de baixa qualidade textual (Classic Star, livro quebra-cabeça, Todolivro, princesas e Ciranda Cultural).

Importante ressaltar, que trocar os livros paradidáticos indicados para a série de seu filho neste ano é uma forma de economia na compra de material para o ano letivo de 2018. Exemplo: os alunos do Year 2 poderão trocar seus livros pelos do Year 3 e assim por diante.

Contamos com a participação de todos!

Feira de troca de Livros

escola fernão gaivota, maple bear alphaville, alphaville, feira de troca de livros

Nos dias 4 e 8 de dezembro acontecerá a última Feira de Troca de Livros do ano para as turmas do Ensino Fundamental II (Year 6 ao 9) e Ensino Fundamental I (Year 1 ao 5), respectivamente.

O evento será realizado na biblioteca da escola e é uma ótima oportunidade para os pais que desejam economizar com os livros paradidáticos para o próximo ano letivo. Por exemplo, os alunos do Year 6 poderão trocar seus livros pelos do Year 7 e assim por diante.

Os livros para troca deverão ser enviados para a biblioteca até o dia 30 de novembro. No ato da entrega, eles serão avaliados e os alunos receberão um vale-troca. 

Para os alunos do Ensino Fundamental I serão aceitos os livros paradidáticos do programa Maple Bear (português e inglês) e livros de literatura infantojuvenil. Não serão aceitos livros técnicos, de auto ajuda, religiosos, enciclopédias, coleção Itaú e infantis de baixa qualidade textual (Classic Star, livro com quebra-cabeça, Todolivro, princesas e Ciranda Cultural). Já para os alunos do Ensino Fundamental II serão aceitos os livros paradidáticos do programa Maple Bear (português e inglês) e livros de literatura. Ficarão de fora livros técnicos, de auto-ajuda, religiosos, enciclopédias e livros de baixa qualidade textual.

As aventuras de Pinóquio

As aventuras de Pinóquio do escritor italiano Carlo Collodi. 

 

 

O velho e solitário carpinteiro Gepeto construiu um boneco com pedaços de madeira e o chamou de Pinóquio. Que surpresa foi para Gepeto ver seu boneco mexer os olhos, agitar os braços, sorrir e cantar! Seu boneco tinha vida! Enfim, não estava mais sozinho!

 

 

Pinóquio não era um menino obediente e não gostava de ser repreendido. Não seguia os conselhos do seu pai-avô, que, preocupado, pedia que ele fosse um bom menino e não faltasse à escola, nem os avisos do grilo falante, que sempre lhe alertava dos perigos e que não deveria dar ouvido a estranhos.

 

 

No caminho para a escola, Pinóquio ouviu uma música vinda de um teatro de marionetes. Esquecendo-se da promessa feita a seu avô, vendeu a cartilha para ir ao espetáculo. O diretor do teatro, sabendo que Gepeto era pobre, deu algumas moedas de ouro para Pinóquio levar a seu pai. Pinóquio acabou sendo roubado por um gato e raposa astutos, que o enganaram.

 

 

Envolto a uma rede de mentiras sem fim, recebeu, uma noite, a visita da Fada do Carvalho. E ele que não ousasse mentir - a fada disse - pois, a cada nova mentira, seu nariz cresceria! Comportando-se, a fada prometeu transformá-lo num menino de verdade.

 

 

A inocência, teimosia e desobediência de Pinóquio lhe causaram muita dor e tristeza. Em sua última travessura, pai e filho quase morreram afogados no mar. Diante do pai doente, Pinóquio finalmente se arrependeu dos seus erros, passou a cuidá-lo e não se envolveu mais em encrencas. 
 
Por sua mudança de comportamento e resignação, a fada cumpriu sua promessa e transformou Pinóquio em um menino de verdade.

 

 

Esse é outros clássicos estão disponíveis na biblioteca da escola. 
  
Cristiane Rojas - Biblioteca