BLOG

Escola Fernão Gaivota participa da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB)

 

escola fernão gaivota, maple bear alphaville, olimpiada nacional historia brasil, olimpiada de história,

Foi dada a largada para os alunos da Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville participarem de mais uma competição. Desta vez, nove equipes de estudantes juntamente com os professores de História Edilson Cândido da Silva e Edoarda Batista Massaini representam a escola na Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) 2018.

A primeira fase teve início no dia 7 de maio com a participação de 14,3 mil equipes de todos os estados do país. As equipes são formadas por um professor de História e três alunos, do 8º, 9º anos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. As provas são realizadas online durante seis fases e cada fase dura uma semana. As respostas (questões de múltipla escolha e realização de tarefas) podem ser elaboradas pelos participantes por meio de debate com os colegas, pesquisa em livros, internet, orientação do professor, além de uma gama de documentos e referências oferecida pela comissão organizadora.

As equipes finalistas participam da grande final presencial em Campinas-SP, nos dias 18 e 19 de agosto. No mínimo 200 equipes (800 participantes) serão classificadas para a final, na qual realizaram uma prova dissertativa e, no dia seguinte, participam da premiação com entrega de medalhas. Em 2017, 307 grupos estiveram da final.

A Olimpíada Nacional em História do Brasil é um projeto de extensão da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), desenvolvido pelo Departamento de História por meio da participação de docentes, alunos de pós-graduação e de graduação. O projeto tem apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Confira os nomes das equipes e os alunos participantes:

 

Equipe

Alunos

Série

Servos de Edilson

André Ramos dos Santos

Aldo Noschese

Gabriel Rodrigues de Camargo e Ferraciolli

2º EM

2º EM

2º EM

Carina

Maria Luisa Macêdo Moura Neves

Catarina de Freitas Teixeira

Gabriela Rocha da Silva

2º EM

2º EM

2º EM

Ouroboros

Caio Andrade Souza

Pedro Henrique Almeida Cabrera

Pedro Rossi Rizzo

2º EM

2º EM

2º Em

Caprili

Carolina Dalla Martha Satriano

Olívia Cordeiro Calijuri

Priscilla Ashley Cavalcante e Silva

9º Ano

9º Ano

9º Ano

As Azeitonas

Catarina Signori Carballo

Sarah Campos Barcelos Dias

Julia Rigo Deitos

8º Ano

8º Ano

8º Ano

Os Inesquecíveis

Bernardo Calian Montalvão

Laura Peixoto Benatti

Amanda Petrili Teixeira

9º Ano

1º EM

  1º EM

Tempestade Histórica

João Pedro Silva de Oliveira Rocha

Charles Sampaio Carone Amoury

Thiago Carrasco de Souza

8º Ano

8º Ano

8º Ano

Unicórnios Historiadores

Hanã Palombo Santos

Sofia Lopes Ribeiro

Isabele El Alam de Abreu

8º Ano

8º Ano

8º Ano

Knowledge Squad

Luisa de Freitas Teixeira

Caroline Martins Garcia

Daniela Beretta Cunha

9º Ano

9º Ano

9º Ano

 

“Projeto Escola Verde” conscientiza sobre descarte correto de lixo eletrônico

projeto escola verde, papa pilhas, lixo eletrônico, escola em alphaville, escola fernão gaivota, maple bear, maple bear alphaville, alphaville, ação ambiental

Iniciativa sócio-ambiental que promove o engajamento da comunidade escolar e permite evitar a poluição do meio ambiente é o mais novo projeto da Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville. Intitulado “Projeto Escola Verde”, a ação permanente, prevê a coleta e destinação correta de lixo eletrônico de inservíveis.

A escola disponibiliza, na secretaria, um coletor para pilhas, baterias, celulares e pequenos eletroeletrônicos para que os pais, alunos, funcionários e visitantes possam fazer o descarte.

A ação conta com auditoria da empresa ADS Micrologística, especializada em logística reversa desde 2003. Após a retirada e destinação correta, a empresa auditora certificará a escola.

Diversos lixos eletrônicos como pilhas e baterias contêm metais pesados, como mercúrio, chumbo, lítio, níquel, bismânio e cádmio que trazem danos irreversíveis à saúde humana e ao meio ambiente em caso de destinação ambientalmente incorreta e inadequada, como lançamento em lixões, aterros não controlados, cursos d’água e reservas ambientais. O processo da coleta seletiva é considerado uma das formas mais eficientes de evitar a poluição do meio ambiente.

O processo de operação envolve fatores como embalagens e coletores apropriados, projetos tecnológicos, inteligência logística e rastreabilidade documental. Conforme sua tipologia, cada resíduo é separado, acondicionado e transportado com segurança para as empresas contratadas pela ADS para reciclagem, reprocessamento, co-reprocessamento ou descontaminação.

Os procedimentos realizados pelas unidades de destinação constituem a etapa final da movimentação física dos resíduos, com planejamento, acompanhamento e auditoria por parte da ADS Micrologística.

Saiu na Mídia: Olimpíada de Química do Estado de São Paulo (OQSP)

oqsp, santana de parnaíba, olimpiada de quimica, química, escola fernão gaivota, maple bear alphaville, alphaville, eduarda martins garcia

A notícia da classificação da aluna Eduarda Martins Garcia, da Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville, para a fase final da Olimpíada de Química do Estado de São Paulo (OQSP) foi assunto em diversos portais de notícias. Vale lembrar que, foram mais de 2 mil alunos inscritos do Estado de São Paulo e apenas 100 selecionados para a fase final da competição. 

Confira a seguir os links para acessar as notícias publicadas:

Portal Estadão: https://goo.gl/wWfHWD

Portal Terra: https://goo.gl/rT5fW7

Agência O Globo: https://goo.gl/HeUpYy

Jornal Metrópole: https://goo.gl/iNrRkv

Portal Comunique-se: https://goo.gl/66R35b

Grade de Maio: Culinária do Integral - Ensino Fundamental I

culinaria, aula de culinaria, criança na cozinha

Todas as sextas-feiras, os alunos do Ensino Fundamental I da Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville que estão matriculados no período integral participam das aulas de culinária. Das 14h às 16h, os estudantes sob a supervisão das professoras Luana Villant e Noemi Ferraz, preparam receitas saudáveis e nutritivas.

A escola disponibiliza as opções de dias avulsos ou mensais para o período integral. Para saber mais informações sobre valores, o responsável deve entrar em contato diretamente com a secretaria. da escola através do e-mail: atendimento@fernaogaivota.com.br.

Confira a seguir as receitas que serão preparadas no mês de maio:

04/05 - Bentô Box

O bentô box é a marmita japonesa. Elas são feitas de forma caprichada, organizada e podem ser bem divertidas para as crianças, com receitas em formas de animais. Nesta aula, os alunos farão a versão com oniguiris, conserva de pepinos e outros vegetais.

11/05 - Sobremesa de morango do tipo “Pétit Suisse” com inhame 

Versão super saudável e gostosa da tradicional sobremesa “Pétit Suisse” de morango.

18/05 - Croque Madame 

Versão deliciosa do “Croque Monsieur”, assado com um ovo de gema mole.

25/05 - Nachos

Deliciosa e tradicional receita mexicana com tortilhas de milho, carne, queijo, guacamole, sour cream e saladinha de alface e tomates.

 

Sobre a aula de culinária

As aulas de culinária possibilitam que os alunos aprendam sobre a origem dos alimentos, entrem em contato com os alimentos in natura, descubram seus aromas, formas, cores e texturas, de modo que passem a valorizar os processos de preparo e a preferência por alimentos mais naturais.

“Ao estimular o interesse dos alunos pelo ato de cozinhar, espera-se formar adultos autônomos no preparo de suas refeições, diminuindo a dependência de produtos altamente industrializados e de baixo valor nutricional. Além disso, durante as atividades o senso do coletivo, do trabalho em equipe e da colaboração com o próximo é reforçado, pois cada receita é realizada por todos com um objetivo em comum”, explica a professora Noemi Ferraz.

Escola recebeu o ensaio "Os Charlatães"

os charlataes, teatro na escola, escola fernão gaivota, alphaville, maple bear alphaville, teatro

 

No dia 27 de abril, alunos do Year 9 e 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, da Escola Fernão Gaivota - Maple Bear Alphaville, assistiram a apresentação “Os Charlatães”, realizada em inglês.

Vencedor do Grand Prix de palco do XII Congresso Latino Americano de Mágica e IV Campeonato de Mágica FISM Latino Americano de 2017, o espetáculo apresenta um número de mágica da categoria mentalismo.

Idealizado pelos mágicos Juan Araújo e Alejandro Muniz, a apresentação com duração de cerca de 20 minutos é uma performance de mágica pouco usual, inspirada em sideshows, carnivals e medicine shows que contextualiza os acontecimentos impossíveis dentro do universo do charlatanismo o que, por si só, já garante um jogo cênico diferenciado com a plateia: que imediatamente é transportada para outra dimensão, sabendo que será "enganada", mas comprovando no "aqui e agora" que os personagens realmente fazem aquilo que anunciam. Importante ressaltar, que o espetáculo concorre ao Mundial de Mágica, que acontecerá em julho, na Coréia do Sul.

Agregador de blogs

Cardápios de setembro de 2021
Cardápios de agosto de 2021
Debate e reflexão sobre grandes questões contemporâneas através de uma experiência além da sala de aula são os objetivos de novos formatos de aprendizagem das escolas. Um exemplo são as simulações
RSS (Abre uma nova janela)